PSOL quer levar Fátima Pelaes ao Conselho de Ética

O PSOL deverá apresentar uma representação contra a deputada Fátima Pelaes (PMDB-AP) no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara. O líder do partido, Chico Alencar (RJ), está recolhendo elementos para dar base à ação e pretende buscar apoio de outras legendas, o que poderá levar à cassação da parlamentar.

Eduardo Bresciani, O Estado de S.Paulo

13 Agosto 2011 | 00h00

Ele classificou como "gravíssimas" as acusações contra Fátima Pelaes. Alencar destacou também que busca fundamentar bem a representação para evitar um arquivamento. "A pior coisa do mundo é o Conselho arquivar, porque dá um atestado de inocência, por isso, precisamos ser bem criteriosos na elaboração da representação", disse,

O presidente do PPS, Roberto Freire (SP), por sua vez, lembra a dificuldade para a tramitação de processos no Conselho de Ética da Câmara. "Neste caso, acho que a Justiça tem capacidade de ser mais eficaz porque, no Conselho de Ética, o julgamento é entre pares, e há muito corporativismo."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.