PT acionará Serra na Justiça por danos morais

O PT entra hoje no Fórum Regional de Pinheiros com pedido de indenização contra o presidenciável José Serra (PSDB) por danos morais contra o partido, por conta do caso dos dossiês. De acordo com o presidente do PT, José Eduardo Dutra, não foi feito um cálculo para a indenização. "Caberá ao juiz arbitrar o valor", disse Dutra.

João Domingos / BRASÍLIA, O Estado de S.Paulo

23 de junho de 2010 | 00h00

"O PT entende que foi atingido na sua honra quando o candidato de oposição afirmou que o partido tem a prática de fazer dossiês", disse Dutra. "O partido não pode aceitar agressões gratuitas."

O secretário-geral do PT, deputado José Eduardo Martins Cardozo (SP), disse que a decisão judicial só deve sair depois da eleição. Segundo ele, o partido não quer quebrar Serra financeiramente nem usar o dinheiro da indenização ? se a Justiça a conceder ? para empregar na campanha da petista Dilma Rousseff. "Só não aceitamos agressão."

Na semana passada, Serra exigiu que Dilma lhe pedisse desculpas pelo caso dos dossiês. "Ora, quem tem de pedir desculpas é ele (Serra), porque ele está levantando contra nós uma coisa que ele sabe que não foi produzida por nós", reagiu a petista em entrevista à Rádio Educadora Jovem Pan, de Uberlândia.

Em nota a campanha de Serra manifestou "repúdio às tentativas de se fazer política com o uso de falsidades e mentiras, abrigadas em dossiês fajutos feitos com recursos ilegais". Para os tucanos, trata-se de "nova tentativa do PT de inverter a ética e fabricar notícias para escapar das responsabilidades dos seus desvios".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.