PT e PSDB criam Banco do Povo

A Câmara aprovou nesta terça-feira, por unanimidade, o projeto que cria o Banco do Povo, de autoria do vereador Carlos Neder, líder do PT. Foi uma vitória da prefeita Marta Suplicy (PT), que tem no projeto um dos pilares de seus programas sociais, e da bancada governista. O PT e o PSDB uniram-se para conseguir o consenso, definido após uma reunião entre Neder e o secretário de Estado do Emprego e Relações do Trabalho, Walter Barelli. O Banco do Povo oferece recursos públicos, por empréstimo, para a realização de microempreendimentos. Pelo acordo com o governo estadual, a primeira etapa do programa levará ao Município o projeto que já existe no interior, em parceria entre a Secretaria do Emprego e as prefeituras, com recursos da Nossa Caixa. O orçamento deste ano prevê R$ 4 milhões para o projeto. Em um segundo momento, ainda em 2001, serão realizados empréstimos com recursos federais, do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) e do Banco de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Paralelamente, a exemplo do que já ocorre em Santo André e Porto Alegre, haverá uma central de crédito, com verba de organizações não-governamentais e empresas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.