PT mineiro expulsa prefeitos que deram apoio a Anastasia

Reunido ontem em Belo Horizonte, o diretório estadual do PT de Minas decidiu expulsar três prefeitos do partido que manifestaram apoio na eleição deste ano à candidatura do governador reeleito Antonio Anastasia (PSDB). Por unanimidade, o PT-MG optou pela desfiliação dos prefeitos das cidades de Mutum, Gentil Simões; de Central de Minas, Gilmar Dorneles de Souza, e de Itaipé, Gilmar Teixeira. Todos foram acusados de infidelidade partidária e de adesão ao chamado "Dilmasia", o apoio simultâneo em Minas à presidenciável petista, Dilma Rousseff, e ao governador tucano. Os três poderão recorrer à Executiva Nacional do PT, mas para o deputado estadual Durval Ângelo, secretário-geral do PT-MG, "não tem volta".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.