PT vai entrar com mais duas ações contra Serra

O PT vai entrar com duas ações contra o candidato José Serra (PSDB) e uma representação na Procuradoria-Geral da República contra o presidente do PSDB, Sérgio Guerra. "É tentativa desesperada de ganhar no grito", disse o deputado José Eduardo Martins Cardozo (SP), coordenador do comitê jurídico de Dilma Rousseff. Será a 5ª vez que o PT vai à Justiça contra Serra, sob alegação de que o tucano caluniou e difamou Dilma e o partido.

Vera Rosa e Ana Paula Scinocca, O Estado de S.Paulo

03 de setembro de 2010 | 00h00

Outra ação contra o tucano será enviada ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com base no artigo 323 do Código Eleitoral, que proíbe propaganda de fatos inverídicos. Segundo o PT, Serra acusa Dilma de crimes "sabendo que ela não os cometeu", com objetivos eleitorais.

Guerra será alvo de ação por crime contra a honra. Em entrevista publicada ontem no Estado, ele disse que a campanha de Dilma e a ação eleitoral de Lula são "ameaça à democracia".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.