PTB se funde ao PAN para ultrapassar cláusula de barreira

A Convenção Nacional do PTB aprovou ontem a fusão - uma incorporação, na prática - do Partido dos Aposentados da Nação (PAN) para conseguir ultrapassar a cláusula de barreira da Lei dos Partidos Políticos e garantir, assim, o direito à estrutura de liderança e cargos nas comissões do Congresso. A soma dos votos conquistados pelos dois partidos no último partido dá exatamente os 5% exigidos pela lei."Com isso o partido cumpre a cláusula de barreira e está pronto para este novo enfrentamento dos problemas nacionais, tanto na área social quanto na moral", afirmou o presidente da sigla, Roberto Jefferson, que deve ser confirmado na sexta-feira no cargo na reunião do Diretório Nacional.No último domingo, o PTB elegeu 22 deputados, e o PAN, apenas um. O partido vai indicar na sexta-feira seus representantes para o Diretório Nacional. Pelo "C"Os petebistas também negociavam a fusão com o PSC, que elegeu 9 deputados, mas as negociações empacaram por causa de uma polêmica sobre a troca de sigla.Os líderes do PSC queriam incluir um "C" no final da sigla "PTB", mas a cúpula do partido não aceitou, achando que isso descaracterizaria a história do partido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.