AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Publicitário Duda Mendonça é preso em briga de galo

O publicitário Duda Mendonça, responsável pela campanha à reeleição da prefeita de São Paulo, Marta Suplicy, foi detido nesta quinta-feira por agentes da Delegacia de Meio Ambiente e Patrimônio Histórico da Polícia Federal quando participava de um campeonato de briga de galo em Jacarepaguá, na zona oeste do Rio. Cerca de 200 pessoas estavam no local, um clube numa estrada de barro, quando os agentes da PF chegaram. O delegado Antonio Rayol, titular da delegacia, afirmou que as 20 pessoas responsáveis pelo evento serão indiciadas por crime ambiental. O delegado estuda também a possibilidade de indiciar o grupo por formação de quadrilha. Duda Mendonça, também indiciado, admitiu ser sócio do clube.O crime ambiental é afiançável, mas a formação de quadrilha não. O publicitário da campanha de Marta declarou não ver nenhum crime na atividade, apesar de a briga de galo ser proibida por lei federal. "Todo mundo sabe que o meu hobby é briga de galo."Das cerca de 200 pessoas que estavam no Clube Privé, a maioria foi liberada para prestar depoimento num outro dia na Superintendência da PF. Os 20 indiciados, que permaneciam no clube até as 23 horas desta quinta-feira, seriam encaminhadas para a PF. Os policiais encontraram cerca de 100 animais no local. "Você já viu o estado dos animais?", indagou o promotor Homero de Freitas, do Ministério Público Estadual.A estrutura do clube, que conta com três arenas para a disputa dos animais, é grande. Há roletas na entrada, um amplo estacionamento, vários banheiros e churrasqueira.

Agencia Estado,

21 de outubro de 2004 | 23h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.