Punição ou educação?

Sábado, 4 de julho, fui ao Parque do Ibirapuera com minha namorada. Chegamos por volta das 10h20 e estacionei o carro. Enquanto eu alugava as bicicletas, ela foi comprar o cartão de Zona Azul. Nesse ínterim, um agente da CET multou o carro, mesmo sendo avisado de que os responsáveis pelo automóvel tinham ido comprar o cartão. Ele respondeu que já começara a anotar a multa e não iria parar. Quando voltamos, algumas pessoas, que não concordaram com o que acontecera, nos deram o nome do agente para que entrássemos com recurso. EDUARDO BUSCH CAMESCHI São Paulo Adele Nabhan, do Departamento de Imprensa da CET, informa que o agente de trânsito em questão, ao iniciar a fiscalização no Bolsão Autorama, no Parque do Ibirapuera, verificou que o veículo citado estava sem o cartão de Zona Azul. E, após uma tolerância de cerca de 10 minutos, o agente observou que o automóvel continuava sem o cartão, motivo pelo qual foi autuado. Nesse momento, o condutor saiu da fila do bicicletário vindo em direção ao agente alegando que tinha ido comprar o cartão de Zona Azul (o posto autorizado fica a uma distância de 5 minutos). Acrescenta que o motorista desse carro não estava com o cartão em mãos e, por isso, a autuação foi mantida. Explica que o leitor pode interpor um recurso contra a punição e que pode obter mais informações de como fazê-lo pelo site www.cetsp.com.br. O leitor comenta: Não estou de acordo com a resposta. Tenho os dados de seis pessoas que estavam no local e são testemunhas do que estou dizendo. As cartas devem ser enviadas para spreclama.estado@grupoestado.com.br, pelo fax 3856-2940 ou para Av. Engenheiro Caetano Álvares, 55, 6.º andar, CEP 02598-900, com nome, endereço, RG e telefone, e podem ser resumidas. Cartas sem esses dados serão desconsideradas. Respostas não publicadas são enviadas diretamente aos leitores.

, O Estadao de S.Paulo

22 Julho 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.