Quadrilha entregava crack em favela em botijões de gás

Uma quadrilha de traficantes usava botijões de gás para fazer a distribuição de crack na favela do Jardim Elba, na zona Leste da capital. A quadrilha, presa pelos policiais do Departamento de Investigações sobre Narcóticos (Denarc), na sexta-feira, entrava na favela com os botijões nas costas, como se tivessem abastecendo os moradores com o gás. Depois, voltavam com os botijões vazios. Um dos botijões foi apreendido pelo Denarc. Segundo os policiais, mais de 20 entregas foram monitoradas, sem que se soubesse do esquema.A quadrilha era formada por mais de 15 pessoas. Seis integrantes do bando estão presos, incluindo o chefe, o comerciante José Lopes, de 46 anos, conhecido como Ximba. Foram apreendidos 40 quilos de pasta base de cocaína para produção de crack.

Agencia Estado,

08 de junho de 2004 | 10h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.