Quadrilha faz arrastão em prédio na zona sul de SP

Pelo menos sete famílias foram vítimas de mais um arrastão na zona sul de São Paulo na manhã desta quinta-feira, 30. Um ladrão disfarçado de entregador de cesta de café da manhã desceu de um táxi às 5h30 no prédio 126 da Rua Barão de Santa Eulália, no Morumbi, e disse ao porteiro que a encomenda seria para uma moradora. O funcionário abriu o portão e logo foi rendido. Em seguida, sete outros criminosos invadiram o prédio.O bando obrigou o porteiro a subir ao 5º andar, onde a moradora e toda a sua família acabaram rendidos. Antes de deixar o apartamento, os criminosos amordaçaram as vítimas e seguiram para os outros andares com o porteiro, que serviu como isca para os moradores abrirem as portas.A quadrilha roubou dinheiro, celulares e jóias e eletrônicos das famílias. A ação durou cerca de uma hora e meia. Os ladrões fugiram em dois carros de moradores, um Vectra CD e um Astra. Eles também levaram a fita do circuito interno do edifício. Somente após a fuga a polícia foi chamada pelas vítimas. Em um dos apartamentos, a polícia encontrou uma arma calibre 38 com numeração raspada. . O arrastão foi registrado no 34º Distrito Policial.EstacionamentoNa região central de São Paulo, bandidos fizeram no início desta madrugada um arrastão em estacionamento na Bela Vista. Quatro veículos foram levados do estabelecimento, que fica na altura do nº 955 da Avenida Nove de Julho. Segundo a polícia, eram pelo menos 4 bandidos, que chegaram ao local edominaram um cliente que entrava no estacionamento. Os criminosos levaram dois Volkswagen Gol, um Palio Weekend e um Corsa.Policiais localizaram um Gol preto próximo à Praça da Bandeira, também na região central. O veículo foi fechado, e um adolescente, de 17 anos, desceu e tentou fugir correndo, mas acabou preso. O menor, que estava desarmado, foi levadopara o 4º Distrito Policial, na Consolação, e poderá ser encaminhado à Fundação Estadual do Bem-Estar do Menor (Febem). Os outros veículos e o restante da quadrilha não haviam sido encontrados atéo final da tarde.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.