Quadrilha faz família inteira refém na zona Sul

Cinco bandidos mantiveram, na noite desta terça-feira, uma família inteira refém por quase meia hora durante assalto a uma residência na altura do nº 7.000 da Estrada do M´Boi-Mirim, no Jardim Novo Santo Amaro, zona sul da capital paulista. Armados de revólveres, os criminosos esperaram toda a família chegar em casa, por volta das 20h45, para dar início ao assalto. Um dos assaltantes apertou a campainha e chamou o proprietário da casa pelo nome, Wágner, que trabalha no ramo de hotelaria. O rapaz foi até o portão e acabou rendido, permitindo que os demais bandidos entrassem.Homens da Guarda Municipal da Base 05, do Parque Figueira Grande, passavam pela região e foram informados por um motoqueiro sobre um suposto assalto em andamento numa residência próxima. A viatura foi até o local com a testemunha e os guardas cercaram o imóvel. Dois dos cinco bandidos já haviam fugido com o Pointer da família, no qual levaram DVD, TV, outros aparelhos eletroeletrônicos, jóias, relógios e dinheiro. ?Um dos bandidos se rendeu rapidamente, mas com os outros dois tivemos de negociar por pelo menos 15 minutos, pois eles apontavam um revólver para a cabeça de uma criança de apenas 10 anos?, relatou o guarda Vicente Machado da Silva.O proprietário da casa, sua esposa, identificada como Normália, a menina de 10 anos e a irmã, de três, foram liberados sem ferimentos pelos bandidos. Estão detidos Márcio Almeida da Silva, de 19 anos, e os menores W.O.A., de 17, e D.H.C, de 16. Dois revólveres calibre 38 estavam em poder dos assaltantes, que foram levados para o 47º Distrito Policial, do Capão Redondo, onde Márcio foi autuado por roubo tentado qualificado, corrupção de menores e formação de quadrilha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.