Quadrilha faz três assaltos ao mesmo tempo em PE

Cerca de 15 homens, vestindo fardas da Polícia Militar e coletes da polícia civil, armados com metralhadoras e pistolas, assaltaram simultaneamente, nesta manhã, a delegacia, o posto de policiamento da PM e a agência do Banco do Brasil em Ipojuca (PE), na zona da mata sul. Era dia de pagamento do funcionalismo público municipal, e estima-se que eles tenham roubado em torno de R$ 100 mil. Da delegacia, os criminosos levaram um carro oficial da marca Gol (abandonado logo depois) e armas. Ao render os policiais, eles feriram com dois tiros o agente Moisés Martins do Nascimento, de 45 anos, baleado no abdome e no braço. O agente foi socorrido no Hospital Otávio de Freitas, no Recife, e não corre risco de vida. Do posto da PM, levaram fuzis e pistolas. Cinco dos assaltantes haviam sido capturados até a tarde. Um deles, Amós Paulo da Silva,34 anos, é soldado do 18º Batalhão da PM, com sede no município metropolitano do Cabo. Além de responder pelo crime na polícia civil, ele será expulso da PM, de acordo com a assessoria de comunicação da entidade. Os presos foram encaminhados para a Delegacia de Roubos e Furtos, na capital, onde foram autuados em flagrante. Os outros são Flávio Guimarães Lins, 28 anos; Ronaldo Felino dos Santos, 41; e André dos Santos (todos do Recife). Além deles, foi detido Waldernandes Pereira da Silva, 23. Quatro carros usados pelos assaltantes - um Santana, uma Silverado, um Gol e um Golf - foram localizados pela polícia no município de Escada, próximo a Ipojuca, e no município metropolitano de Camaragibe. Dentro dos veículos recuperados foram encontrados também armamentos (dois fuzis, uma metralhadora Huger, duas pistolas, quatro revólveres, três pares de algemas), munição e doze fardas da PM.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.