Quadrilha integrada por parentes de major é presa em Salvador

Uma quadrilha responsável pelo roubo de pelo menos 22 veículos na região de Feira de Santana, a 108 quilômetros da capital baiana, foi desarticulada pela polícia que prendeu cinco pessoas ligadas por parentesco ou amizade ao major PM Moacir Lima dos Santos.A polícia espera prender uma sexta pessoa envolvida nos roubos, um funcionário da 3ª Ciretran do município que ajudaria a "esquentar" os documentos dos veículos roubados. A quadrilha costumava vender os carros nos municípios da Chapada Diamantina, centro da Bahia, conforme o delegado Renato Ribeiro que apura o caso.O major Santos, que também é vereador em Feira de Santana, não quis falar sobre as prisões do filho Moacir Lima dos Santos Júnior de 24 anos, do irmão Antônio Lima dos Santos, 45 anos e os outros envolvidos: Moaby de Almeida Santos, de 22 anos, (sobrinho do major), Anselmo Souza da Silva, de 21 anos e Jerônimo Francisco de Almeida, de 76 anos, sogro de Antonio Santos. A polícia prossegue nas investigações, pois recebeu informações seguras de que há outras pessoas envolvidas no esquema e mais veículos roubados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.