Quadrilha liberta reféns em Curitiba

Foram libertados agora pela manhã todos os reféns da quadrilha que assaltou a empresa de transporte de valores Pró-Forte de Curitiba. Entre funcionários e seus familiares, 30 pessoas teriam sido seqüestradas e não 40, como foi anunciado anteriormente pela polícia. Tudo começou ontem à noite quando a quadrilha rendeu o gerente da empresa, Odival Valter, e sua família, em casa, e seguiu para a residência de outros diretores fazendo mais reféns.Em seguida, todos foram levados para a empresa. A quadrilha teria roubado, segundo um levantamento preliminar da polícia, entre R$ 3 milhões e R$ 7 milhões. Os reféns foram sendo libertados ao longo da manhã, sendo que quinze deles em Campo Largo, região metropolitana de Curitiba.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.