Quadrilha mantém 6 reféns em McDonald's de Poços de Caldas

Em fuga, grupo tenta atropelar PM e invade a lanchonete; eles querem carro e coletes para libertar os reféns

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

04 de dezembro de 2007 | 08h03

Quatro bandidos mantêm seis funcionários de uma loja do McDonald's reféns desde a madrugada desta terça-feira, 4, em Poços de Caldas, no sul de Minas Gerais. Houve tiroteio mas ninguém ficou ferido, segundo a PM.   Presos fazem carcereiro refém há mais de 15 horas no interior de SP  Às 8 horas desta terça, as negociações para a rendição continuavam. De acordo com a polícia, por volta das 2 horas desta terça, os quatro assaltantes roubaram um veículo e, na fuga, encontraram com uma equipe da Polícia Militar. Ao tentar atropelar um dos policiais, o bandido que conduzia o veículo perdeu o controle da direção e acabou batendo na lanchonete, destruindo parte do imóvel. Houve tiroteio mas ninguém ficou ferido, segundo a PM. Os bandidos pedem carro para a fuga e coletes à prova de balas para libertar os reféns, o que não será aceito pela polícia, que cortou água e luz da lanchonete.  Texto alterado às 8h50 para acréscimo de informações.

Tudo o que sabemos sobre:
refénsseqüestroPoços de Caldas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.