Quadrilha que fraudava INSS é presa em SP

Três homens, presos no final da tarde desta quinta-feira, no 78º DP, nos Jardins, na zona sul de São Paulo, e autuados em flagrante, confessaram estar envolvidos em fraude contra a Previdência Social, através da retirada do PIS/PASEP por invalidez. Policiais da chefia de investigadores daquela delegacia procuram dois outros, um garçom e umfalsificador.A delegada titular Elizabete Sato acredita que, com a prisão da dupla, serão esclarecidos vários golpes semelhantes. Um dos envolvidos é o maître de um restaurante de alto nível na Rua Peixoto Gomide, no Jardim Paulista, Sérgio Alves da Luz, de 43 anos.Ele afirma que um garçom de outro estabelecimento, também de alto padrão, disse conhecer um fraudador que costuma ficar num bar da Praça da Sé e consegue retirar dinheiro da Previdência Social com facilidade, através de documentação falsa. A cada interessado que ele apresentasse à dupla, levaria R$ 100,00.Natural de Sorocaba, Sérgio procurou pelo cambista de jogo-do-bicho Xavier Morrinho Viana, de 48 anos, o "Bidu", naquela cidade e o convidou para intermediarem juntos esses contatos. Um dos interessados na fraude também é de Sorocaba. Márcio Tadeu Santos, de 35 anos, mandou sua documentação para o falsário preparar a fraude e, nesta quinta-feira, veio auma agência do Banco do Brasil, na Rua Augusta, sacar R$ 553,98.O trio deu azar. Enquanto Márcio estava no banco, retirando o benefício, Sérgio e "Bidu" ficaram à porta, conversando. A delegada Elizabete e alguns policiais da chefia saíram para almoçar e suspeitaram da dupla. Antes da abordagem, viram Márcio juntar-se a eles com o dinheiro. Depois ficaram aguardando o garçom que iria pagar a comissão aos intermediários.Apesar de ter recebido o benefício por invalidez, à chegada da polícia Márcio saiu correndo pela Rua Augusta, mas acabou preso. A gerente da agência bancária compareceu ao 78º DP e levou o documento apresentado por Márcio e outros. Segundoa delegada, ao compará-los evidenciam-se sinais de falsificação grosseira, como a falta de uma chancela e assinaturas. Mesmo assim ele conseguiu receber a quantia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.