Quadrilha rouba caminhões e faz reféns

Quinze homens, fortemente armados com fuzis e metralhadoras, assaltaram uma transportadora, localizada no bairro do Macuco, na madrugada desta quarta-feira. A quadrilha levou quatro veículos de porte, mercadorias avaliadas em R$ 564 mil e sequestrou os funcionários da empresa, em uma Kombi, libertando-os mais tarde, na Rodovia Fernão Dias, no trecho de Mairiporã.De acordo com Boletim de Ocorrência, registrado no 4ºDP, o assalto foi praticado às 5 horas da manhã, na rua Padre Anchieta, 25, onde funciona a Reno Transportes Integrados Ltda.Nesse horário, chegou à transportadora o veículo de escolta, da empresa Bolonini de Segurança. O motorista, Luiz José da Silva, tocou a buzina e, quando a porta foi aberta, 15 homens fortemente armados, surgidos não se sabe de onde, entraram na empresa e dominaram os empregados, colocando-os numa Kombi.Em seguida, retiraram da transportadora um caminhão Volvo, placa BXC-2745, de Santos, e uma carreta, placa BTR-2438, de Santos, com um contêiner carregado de empinhadeiras desmontadas, no valor de R$ 160 mil. Os assaltantes levaram ainda um caminhão baú, placa BYC-2076, de São Paulo, carregado de estrados avaliados em R$ 23 mil, e um Truck Mercedes, placa CPN-8993, com 48 caixas de rolamento, no valor de R$ 381 mil, e ainda as armas dos seguranças.Pelo peso da mercadoria, a polícia acredita que os veículos estejam escondidos em local próximo da cidade. A delegada Mirian dos Anjos abriu inquérito.Foram sequestrados e levados para Mairiporã os motoristas da Bolonini Luiz José da Silva e José Ricardo Conceição e mais o vigilante da Guarda-Noturna, Marivaldo Joaquim da Silva, além de dois outros funcionários da empresa, Rivaldo e Marcelo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.