Quadrilha rouba veículo de PM mas acaba presa em SP

Policiais militares do 6º Batalhão detiveram, na noite de ontem, em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, uma quadrilha de roubos de carros que agia no grande ABC. No momento em que foram presos, os criminosos estavam em posse do veículo de um policial militar, a última vítima deles.O soldado Wilson Russi, de 26 anos, também do 6º Batalhão, seguia para a casa de um amigo, na região central de São Bernardo, quando teve o Corsa azul que dirigia fechado por outro veículo, do mesmo modelo. Três homens e uma mulher desceram do carro e renderam o policial, que estava o lado da filha, de três anos. Segundo um dos soldados que deteve a quadrilha, um dos assaltantes, Eduardo Antônio Santos, de 22 anos, ameaçou com a arma e chegou a agredir a filha do policial. O grupo então fugiu com o veículo do soldado, que percebeu, antes de ser abordado, que uma picape o seguia. Além disso, outro homem, que ocupava um Opala branco, ultrapassou o Corsa do soldado; seu ocupante falava ao celular. Após a fuga dos bandidos, Russi acionou os colegas do Batalhão, que conseguiram localizar o grupo ainda em São Bernardo do Campo.Segundo a Rácio CBN, além de Eduardo Antônio Santos, foram presos, dentro do veículo do policial, Maria Carolina Barbosa Leão, 21; Paulo Henrique Souza da Silva, 20 anos; Fábio Sanguin de Oliveira, 22; e, por último, Adilson de Freitas Vicente, de 23 anos, que estava no Opala. Todos foram levados para o 3º Distrito Policial de São Bernardo e indiciados por formação de quadrilha e roubo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.