Quadrilha sequestra tesoureiro de banco para roubar agência no MT

Cerca de 12 policiais federais foram deslocados para a região; até o momento ninguém foi preso

Solange Spigliatti, do estadão.com.br,

19 Outubro 2011 | 10h16

SÃO PAULO - Cerca de quatro homens armados sequestraram na manhã de terça-feira, 18, a esposa e o filho do tesoureiro da agência da Caixa Econômica Federal, em Barra do Bugres, no Mato Grosso. A intenção era a de que o funcionário retirasse a quantia exigida pelos bandidos do cofre do banco.

De acordo com a Polícia Federal, o dinheiro que seria usado como pagamento do resgate, não revelado, deveria ser retirado do cofre da agência bancária onde o tesoureiro trabalha e seria deixado próximo ao entroncamento de acesso à Fazenda Itamaraty, na região de Barra do Bugres.

Cerca de 12 policiais federais foram deslocados para a região, com apoio do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e das polícias civil e militar. Com o cerco, os criminosos libertaram a família por volta das 12 horas, e fugiram em seguida. Até o momento ninguém foi preso.

A equipe de policiais federais deslocada para Barra do Bugres continua na região, em busca aos envolvidos no crime. Um inquérito foi instaurado para apurar o caso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.