Quadrilhas arrombam três caixas eletrônicos

Duas tentativas de roubo e outra de furto a caixas eletrônicos foram registradas na madrugada e na manhã de ontem na Barra Funda, zona oeste de São Paulo, em Guarulhos e em Santana de Parnaíba, na região metropolitana. Nas ações, ninguém foi preso. Às 2h20, oito homens armados invadiram o Centro de Treinamento e Educação de Trânsito da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), na Avenida Marquês de São Vicente. Dois técnicos, um operador e um vigilante da empresa foram dominados. Os assaltantes trancaram os quatro funcionários num caminhão-baú.Em seguida, os criminosos seguiram até o caixa eletrônico do Banco Itaú e, com um maçarico e outras ferramentas, arrombaram o equipamento. Segundo a polícia, no entanto, os ladrões não conseguiram retirar o dinheiro. O bando fugiu num Astra azul, levando os telefones celulares dos reféns. O caso foi registrado no 7º DP (Lapa) pelo delegado Vlamir José dos Santos Presotto.Em Guarulhos, ainda de madrugada, ladrões invadiram o prédio da Secretaria de Finanças, na Vila Augusta. No órgão estão instalados três caixas eletrônicos, mas os criminosos conseguiram arrombar apenas um dos equipamentos. Segundo a polícia, o alarme tocou e os bandidos fugiram. Policiais civis foram ao local e encontraram cédulas chamuscadas. No entanto, ainda de acordo com a polícia, nada foi levado. Os assaltantes se assustaram com o alarme e deixaram para trás um maçarico, um martelo e outras ferramentas utilizadas. INVASÃOUsando uniformes da Goodyear, dois bandidos conseguiram entrar na empresa e abrir caminho para os demais criminosos, às 12h30 de ontem, na altura do km 41 da Rodovia Castelo Branco, em Santana de Parnaíba, para roubar um caixa eletrônico. Armados, os criminosos dominaram funcionários e seguranças. Usando um maçarico, os assaltantes danificaram a máquina, mas não conseguiram roubar nenhum valor do equipamento. Os bandidos fugiram em dois carros das vítimas e levaram dois notebooks, uma câmara fotográfica e 11 celulares.COLABOROU RICARDO VALOTA

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.