Qualidade da água em praias do Rio é a melhor em 4 anos

As condições do mar no Rio, da zona sul à zona oeste, são as melhores dos últimos quatro anos, segundo levantamento da Fundação Estadual de Engenharia de Meio Ambiente (Feema). A análise de 2000 a novembro de 2004 mostrou que os índices de coliformes fecais vêm diminuindo. Entre as praias mais limpas, estão as do Vidigal, Pepino, Leblon e São Conrado. Urca e Flamengo também melhoraram com os esforços de despoluição da Baía de Guanabara. Mas ainda há problemas. Leblon e São Conrado são classificadas como "regulares", ou seja, costumam estar impróprias para banho. Já Vidigal e Pepino estão liberadas. Urca e Flamengo são qualificadas como "más", quando já foram "péssimas".As melhores condições de balneabilidade continuam na zona oeste - Recreio, Sernambetiba (continuação da Barra da Tijuca), Prainha, Grumari e Barra de Guaratiba -, e em Copacabana, única representante da zona sul.Para a Feema, a Barra da Tijuca, com exceção do trecho que vai do canal da Joatinga ao Pepê, que é impróprio, está no grupo das "boas". Ipanema, Arpoador, Diabo, Leme, Praia Vermelha e Forte de São João não apresentaram alterações significativas de 2000 para 2004. Também estão na categoria das "boas". Botafogo é a pior colocada: considerada "péssima".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.