Quase perfeitos

Gente antenadaBastaria o complexo Unibanco Arteplex, com nove salas de cinemas e sua programação com filmes de arte, para que o paulistano considerasse o Frei Caneca um dos bons endereços culturais da cidade. Mas o espaço abriga também dois teatros e o curso para atores na escola Wolf Maia, que atende os aspirantes à carreira artística. Na praça de alimentação, shows de MPB e pop-rock de segunda a sexta, das 19h às 21h. O shopping ainda tem uma dívida com seu público: falta uma livraria megastore. Lazer com luxoAté as atrações culturais têm grife. O Cidade Jardim recebeu a única unidade da Livraria da Vila em shoppings. Assim como ocorre na sede, na Vila Madalena, a loja mantém uma programação com sugestões para adultos e crianças. Às segundas, o auditório da livraria serve de estúdio para a gravação do programa ?Bossa ao Vivo?, da rádio Alpha. A lista inclui a Casa do Saber, onde são ministrados cursos de artes e filosofia, e um espaço para exposições, que hoje recebe ?Museu Encantado da Barbie?, retrospectiva dos 50 anos da boneca (leia na pág. 81). A rede Cinemark também se adequou ao projeto. Duas salas premier têm poltronas de couro com apoio para os pés, mesinha de apoio e mais um mimo: botão para chamar o garçom.Pode olhar à vontadeEstes não estão à venda. O Central Plaza tem um espaço próprio para exposições, cuja agenda é definida em parceria com a Academia Brasileira de Arte, Cultura e História. Há sempre mostras de telas e esculturas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.