Quatro crianças podem ter desaparecido em enxurrada no Rio

Equipes do Corpo de Bombeiros da Tijuca procuraram por toda a noite por quatro crianças que teriam desaparecido por volta das 19 horas de terça-feira, durante mais um temporal que caiu sobre a cidade do Rio de Janeiro. O córrego que passa ao lado do Conjunto Residencial da Cidade de Deus, na zona oeste, transbordou, formando uma enxurrada que, segundo um dos moradores do conjunto, arrastou quatro crianças. A polícia ainda não confirmou o desaparecimento, pois, até o início desta madrugada, nenhum parente das supostas vítimas teria dado queixa sobre a falta das crianças. Terça-feira, a chuva fez mais estragos no Rio. Duas pessoas morreram no final da tarde. De acordo com o Corpo de Bombeiros, subiu para 14 o total de vítimas desde sexta-feira. Roberto de Azevedo Torres, de 63 anos, morreu após um deslizamento de terra que atingiu sua casa, em Bento Ribeiro. Aderman Cruz da Silva, 35 anos, foi vítima de desabamento de encosta, na Taquara, Jacarepaguá.

Agencia Estado,

01 Fevereiro 2006 | 05h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.