Quatro dos 21 feridos em acidente de ônibus pioram

Quatro dos 21 feridos do acidente entre os ônibus da empresa Andorinha pioraram e tiveram de ser transferidos nesta terça-feira para as Unidades de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa e do Hospital Universitário (HU) de Presidente Prudente. Três dos doentes estavam internados em quartos da Santa Casa e outro numa ala do Hospital Universitário. Apenas dois feridos receberam alta.Na Santa Casa de Prudente, foram transferidos Ana Leia Boneto, Osny Antônio Giacomini e Gabriela Batista Martins. No HU, a transferência foi de Lucas Sierro Fazio. Os dois hospitais não informaram se eles correm risco de morte, mas adiantaram que o estado de saúde é grave e a transferência foi necessária porque eles precisavam de melhores cuidados. Hoje foram enterradas na região sete vítimas do acidente, três em Presidente Prudente e quatro em Bauru, Estrela do Norte, Junqueirópolis e Santo Anastácio. O sepultamento do motorista Pedro Ismênio Carneiro, de 48 anos, que conduzia o ônibus entre Presidente Prudente e São Paulo, no cemitério São João Batista, foi acompanhado por dezenas de funcionários da Andorinha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.