Quatro internos assumem autoria de assassinato na Febem

Quatro internos assumiram terem assassinado um jovem de 17 anos morreu na noite de domingo, 28, no Complexo do Tatuapé da Fundação Estadual do Bem-Estar do Menor (Febem). A entidade Conectas Direitos Humanos informou que essa é a 28ª morte em unidades da Febem desde junho de 2003. Conforme a entidade, Ricardo Pereira Cunha foi morto a golpes de facas improvisadas na Unidade 12. O rapaz, que era de Mongaguá, no litoral, estava na instituição havia dois meses.O corpo do adolescente foi achado na manhã desta segunda, 29, em uma revista feita por funcionários. Internos disseram que o crime ocorreu por volta das 23 horas de domingo.Os adolescentes que assumiram a autoria do assassinato foram levados para o 81º Distrito, onde prestaram depoimento à tarde. A Febem informou que a corregedoria da entidade abriu sindicância para apurar as circunstâncias do crime.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.