Quatro ladrões morrem ao trocar tiros com PMs em São Paulo

Quatro assaltantes foram mortos num tiroteio ocorrido, na noite de terça-feira, no Jardim Arpoador, zona oeste da capital paulista. Eles estavam em um Celta vermelho roubado na mesma noite durante assalto a uma residência no Parque dos Príncipes, na mesma região da cidade. Houve perseguição policial e troca de tiros. Um quinto integrante do grupo conseguiu fugir a pé. Uma passageira de um ônibus que passava pelo local no momento do tiroteio foi atingida num braço por uma bala perdida. Ela foi medicada no Hospital Bandeirantes e liberada.Dos mortos apenas Rodrigo Andrade da Silva, de 25 anos, e Ronaldo de Souza Silva, de 33, foram identificados. Os outros dois não tinham documentos. Segundo a polícia, depois do roubo do Celta, os cinco ladrões tentaram invadir um condomínio na mesma região, jogando o veículo contra o portão, mas os moradores os denunciaram a PMs e eles fugiram em direção à Rodovia Raposo Tavares, onde foram avistados por integrantes de um guarnição militar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.