Quatro mortos na 18ª chacina na Grande SP

Quatro pessoas morreram e outras duas ficaram feridas na 18ª chacina registrada somente neste ano na região metropolitana de São Paulo. Até o momento foram contabilizadas 70 mortos em crimes deste tipo segundo a polícia.Por volta das 2h30 desta quarta-feira, pelo menos 3 homens, armados de pistolas de calibres 9mm e 380, invadiram uma residência, localizada na rua das Perobas, no interior da favela do Jardim Ipê, no bairro que leva o mesmo nome, em São Bernardo do Campo, grande ABC paulista. Os bandidos invadiram a casa e começaram, atirararam contra um grupo de 6 pessoas que estavam reunidas e depois fugiram. Das três vítimas que morreram ainda no interior da residência, apenas uma já foi identificada, o funileiro José Alves Galvão, de 21 anos.Policiais militares do 6º Batalhão encaminharam 3 feridos ao Hospital Municipal Central de São Bernardo do Campo, onde um deles acabou morrendo. Dos socorridos, apenas um dos sobreviventes, já foi identificado, é o menor R.V.S., de 14 anos.A polícia ainda não tem pistas sobre os assassinos nem sabe afirmar com certeza o real motivo do crime, mas já trabalha com a hipóstese de acerto de contas entre os bandidos, mas o verdadeiro alvo dos atiradores ainda não foi descoberto. O caso está sendo registrado no 3º Distrito Polical de São Bernardo do Campo, pelo delegado Evandro Lopes Salgado.Cocaia - A última chacina havia ocorrido, na manhã de ontem, na zona sul da capital paulista. Por volta das 8h00, os corpos de duas mulheres e um homem foram encontrados, com tiros principalmente na região da cabeça, por policiais militares em uma viela próxima à Cohab Parque Cocaia, na avenida Pedro Escobar, Parque Cocaia, zona sul da cidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.