Quatro pessoas morrem em acidente rodoviário em Belo Horizonte

Quatro pessoas morreram na tarde desta quarta-feira em um acidente envolvendo um ônibus coletivo e um automóvel, na Via Expressa, próximo ao bairro João Pinheiro, região oeste de Belo Horizonte. De acordo com testemunhas, o ônibus da linha 1126 seguia com destino ao bairro Eldorado, em Contagem, quando foi atingido frontalmente pelo veículo Escort (placa GSM 2361), que trafegava em alta velocidade, no sentido contrário, e atravessou o canteiro central. Todas as vítimas fatais eram ocupantes do Escort, que foi arrastado vários metros pelo ônibus. O único sobrevivente foi um bebê de seis meses. Morreram no acidente Robson Antônio da Silva, de 44 anos, que dirigia o carro; sua esposa, Cristiane Mesquita da Silva, 25 anos; além de um homem de 59 anos e uma garota de aproximadamente seis ou sete anos, que não haviam sido identificados até o início da noite desta terça-feira. O motorista do ônibus e outros quatro passageiros ficaram feridos, mas não corriam risco de morte. Todos, além do recém-nascido, foram levados para o Hospital de Pronto Socorro João XXIII. As causas do acidente seriam apuradas. Policiais militares da Companhia de Trânsito encontraram dentro do carro latas de cerveja vazias.Santa LuziaOutras quatro pessoas morreram em outro acidente na manhã de terça-feira, em Santa Luzia, região metropolitana de Belo Horizonte. Elas estavam em um Kadett prata (placa GOZ 3916), que seguia para a capital mineira. De acordo com informações do 35º Batalhão da Polícia Militar, na altura do quilômetro 35 da MG 900, o carro bateu no meio-fio e desceu um barranco, caindo dentro do Rio das Velhas. Para retirar o carro das águas foi necessário um reboque. Os corpos estavam no interior do veículo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.