Quatro pessoas são assassinadas na zona oeste do Rio

Quatro pessoas foram assassinadas na noite de quinta-feira, 29, em duas regiões na zona oeste da capital fluminense. Até o momento, segundo a polícia, três delas ainda não foram identificadas e os autores dos crimes seguem foragidos.O vice-presidente da Associação de Moradores do Bairro de Curicica, Marco Fernando da Silva Pinheiro, de 46 anos, foi morto a tiros por volta das 21h30 quando caminhava pela Rua José Eusébio, em Jacarepaguá. Dois homens em uma moto passaram ao lado da vítima e, sem dizer nada, atiraram várias vezes.Uma equipe dos Bombeiros foi chamada, mas Pinheiro acabou morrendo no local do crime. A polícia trabalha com a hipótese de acerto de contas, pois nada foi levado de Marco. O caso foi registrado no 32ª Delegacia de Polícia, de Taquara.Na região de Bangu, foram registrados três homicídios entre às 22h e o final da noite de quinta-feira. Policiais militares do 14º Batalhão foram acionados para a Travessa do Engenho, próximo da Favela de Vila Aliança, após dois corpos serem encontrados dentro do porta-malas de um veículo Toyota Corolla.Uma hora antes, outra pessoa, ainda também não identificada, foi assassinada na Rua Berberipe, no bairro de Ricardo de Albuquerque, ao lado de Bangu. Esses três assassinatos foram registrados na 34ª Delegacia de Polícia, em Bangu. A polícia acredita em crime ligado ao tráfico de drogas da região.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.