Quatro prédios serão demolidos no Rio de Janeiro por risco de desabamento

Edifício cedeu e afetou prédios vizinhos; 18 famílias foram removidas

06 Agosto 2012 | 08h49

Atualizado às 13h26

SÃO PAULO - Quatro prédios localizados na comunidade de Rio das Pedras, em Jacarepaguá, na zona oeste do Rio de Janeiro, começaram a ser demolidos manualmente nesta segunda-feira, 6, e outros dois foram interditados por risco de desabamento. Dezoito famílias foram removidas das seis unidades residenciais, construídas em solo instável.

A demolição foi confirmada pelo subsecretário de Defesa Civil do município, Márcio Motta, após realizar vistoria nos edifícios, na Rua Romas. No total, irão ao chão três prédios de três andares e um de quatro.

Os abalos começaram com o solapamento do solo abaixo de um dos prédios, de três andares, que inclinou-se e afetou a estrutura dos demais. Todos acabaram condenados e a rua foi interditada.

"O problema aqui é o solo muito instável. Ele começou a ceder, recalcando e provocando o colapso da viga de uma das edificações", explicou o subsecretário.

Durante a madrugada, o edifício que começou a apresentar os primeiros sinais de colapso foi esvaziado, depois que moradores viram grandes rachaduras se abrirem. O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 2h30 e ajudou na remoção.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.