Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Quatro rapazes são mortos na praia de Grumari, no Rio

Quatro corpos de rapazes com idades presumíveis entre 15 e 25 anos foram encontrados hoje em uma rua que dá acesso à praia de Grumari, paraíso ecológico localizado na zona oeste do Rio. Eles estavam com marcas de tiros. Os rapazes foram assassinados na noite de segunda-feira, por volta das 22 horas. Os corpos foram localizados por moradores, que chamaram policiais militares do 31º Batalhão da Polícia Militar (Recreio).Foram recolhidos bonés e chinelos das vítimas. No chão de terra, era possível ver muito sangue. O caso foi registrado na delegacia da Barra.Moradores contaram que ouviram barulhos de tiros e o de um automóvel em disparada. A dona-de-casa Adalgisa Maria da Silva, de 65 anos, que vive numa casa no Largo Francisco Caldeira de Alvarenga, a 50 metros de onde os corpos foram achados, contou que se assustou com os disparos. O filho dela, que saiu para trabalhar às 6 horas, a avisou sobre as mortes. Freqüentadores da praia, uma das mais bem preservadas da capital e parte de uma área de proteção ambiental, e pessoas que trabalham lá disseram que a estrada é ponto de desova de cadáveres e que a região da praia é perigosa.Eles disseram que à noite a iluminação é insuficiente e não há policiamento. O batalhão da PM mais próximo fica no bairro do Recreio, a cerca de 20 quilômetros dali. "É uma pena morarmos num lugar tão bonito e termos que viver trancados", disse Adalgisa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.