Que vença o pior!

Dizer que "o carnaval de São Paulo não é pior que o futebol do Rio" talvez seja a melhor maneira de não tomar partido nesse tipo de conversa que não costuma terminar bem. Um jeito educado de se indispor logo de cara com as duas pontas do orgulho provinciano no vaivém da ponte aérea de maledicências entre as duas maiores cidades do País.A ideia de túmulo do futebol em construção no Rio de Janeiro incomoda tanto ao carioca quanto a metáfora fúnebre do samba amargada há décadas pelo paulistano. A comparação entre os féretros tende a ser - se já não é - último recurso nessa rivalidade boba que uns e outros teimam trazer à baila, só para espezinhar o estigma alheio.Malvadeza típica do bairrismo que exagera sempre o que não é o forte do vizinho. Ou estaríamos aqui comparando o carnaval carioca ao futebol de São Paulo para definir quem é o melhor em tudo. E não está mais aqui quem falou! BARRACO ZEROAté o fechamento desta coluna, as celebridades andavam tão comportadas nos camarotes da Marquês de Sapucaí que periga Luana Piovani, amuada com o namorado na primeira noite dos desfiles, levar a fama de barraqueira de novo, coitada! Psirico, Kuduro e o escambau!Como se não bastasse o dueto de Caetano Veloso e Gilberto Gil na banda Psirico, chega da Bahia a notícia de que o Kuduro - dança angolana que consiste em contrair as nádegas e agitar as pernas - é a grande sensação do carnaval de Salvador. A que ponto chegamos!Camille já sabia!O tombo de Daniela Mercury em cena confirma o que Camille Paglia já disse sobre a cantora: é uma espécie de Madonna da Bahia!PrimeironaSeguindo a tendência de todas as grandes corporações do mundo, a divisão de parques temáticos da Disney planeja corte substancial de pessoal. Se mandar a Minnie embora, francamente, nem o Mickey vai sentir muita falta. Ou não!Desastre iminenteO temporal no carnaval do Recife provocou um princípio de pânico na comitiva de Dilma Roussef. Já pensou se molha o cabelo da ministra?Sombra e água frescaRonaldo Fenômeno se poupou visivelmente no carnaval. Se não voltar a jogar logo vai acabar engordando de novo! Poder da propagandaO paulistano que passou o carnaval fora vai encontrar pichação nova nos muros da cidade ao chegar de viagem: "Volta pro Nizan, Donata!"BrincadeiraSe você não sabe o que é Twitter, relaxa, vai! Ainda é carnaval, caramba!

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.