Queda de árvores complica trânsito em São Paulo

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) registrou a queda de duas árvores na capital paulista durante a forte chuva que atingiu a cidade nesta tarde. Os acidentes contribuem para o alto índice de congestionamento na cidade, que chegou a 42 quilômetros às 16h30, muito acima da média para o horário, que costuma ser de 19 quilômetros.De acordo com a CET, uma árvore caiu na Rua Lima e Silva, no sentido bairro, na altura da Rua do Manifesto, no bairro Ipiranga, zona sul da capital, e atingiu a fiação da Eletropaulo. A árvore interditou a faixa esquerda da via e o trânsito no local está complicado. Não há informações sobre feridos.Uma outra árvore caiu na Rua Cláudio Rossi, na altura do número 389, no bairro Aclimação, na região central da cidade, e bloqueia totalmente o trânsito. A CET desviou o tráfego para as ruas Artur Napoleão e Mesquita.O trecho mais congestionado de São Paulo está na Marginal do Tietê, sentido Lapa-Penha, na via expressa, onde a lentidão é de cerca de oito quilômetros, desde a Ponte Freguesia do Ó até a Rua Azurita. Na Avenida Salim Farah Maluf, sentido Vila Prudente, o engarrafamento já passa dos quatro quilômetros e meio, desde a Rua Adelino até a Avenida Luis Ignácio Anhaia Mello. Já a Anhaia Mello, sentido centro, o trânsito está lento por mais de dois quilômetros, desde a Avenida Salim Farah Maluf até o Viaduto Grande São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.