Queda de avião de pequeno porte mata dois em Goiás

Monomotor decolou de Brasília e levava o piloto e um advogado; chovia no momento do acidente

Daniela do Canto, da Central de Notícias,

24 de setembro de 2009 | 07h32

Um monomotor caiu nesta quarta-feira, 23, por volta das 21 horas, em uma fazenda em Leopoldo de Bulhões, em Goiás, a 55 quilômetros de Goiânia. O piloto da aeronave, Carlos Alberto Alves Júnior, de 21 anos, e o passageiro, o advogado Luiz Francisco Caetano Lima, de 39 anos, morreram na hora. As causas da queda ainda são desconhecidas, mas chovia no momento do acidente.

Em um primeiro momento, os bombeiros acreditavam que o avião levava três pessoas - conforme indicado no plano de voo. Entretanto, nas buscas foram encontrados apenas dois corpos. Segundo informações da corporação, familiares do advogado, que era o dono da aeronave, contaram que ele ligou pouco antes de decolar e revelou que embarcaria sozinho.

Técnicos da Aeronáutica foram ao local para fazer uma perícia. O monomotor saiu de Brasília e tinha como destino Goiânia. Membros da família de Lima afirmaram aos bombeiros que a aeronave era nova e havia passado por manutenção nesta semana.

Tudo o que sabemos sobre:
aviãoquedaGoiás

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.