Queda de avião mata seis em Rondônia

Um avião bimotor, modelo Baron, prefixo PPOET, caiu hoje em Cerejeiras, a 930 km ao sul da capital de Rondônia, Porto Velho, matando seis passageiros. Segundo uma testemunha, o avião chegou a voar por cerca de cem metros, mas com o mau tempo o bimotor despencou numa mata próxima a pista de decolagem. Os corpos ficaram carbonizados.Morreram no acidente o dono uma rede de supermercados no Mato Grosso e proprietário da fazenda Rio Azul Paulo Rubens de Lima; o piloto Pimentel, o administrador da fazenda Antonio Carlos Narciso, os engenheiros José Carlos e Moisés Piedade da Silva, e Marcos, amigo do dono da fazenda. As informações foram passadas à Polícia Civil em Cerejeiras pelo capataz da fazenda José Roseno Siqueira, que não soube precisar os nomes completos dos tripulantes do avião. Ainda de acordo com José Roseno, seu patrão e os engenheiros estavam na Rio Azul fazendo um levantamento topográfico para o Incra. Os dois engenheiros seriam funcionários da Nuplan - uma empresa de consultoria e engenharia que presta serviços na região.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.