Queda de bimotor mata cinco pessoas em Caldas Novas (GO)

Avião caiu em uma área residencial, próxima à cabeceira do aeroporto da cidade, mas não atingiu nenhum imóvel; há a suspeita de que a aeronave tenha sofrido pane seca

Marília Assunção, Especial para o Estado

20 Setembro 2013 | 14h18

GOIÂNIA - O Corpo de Bombeiros de Goiás investiga as causas de um acidente com um avião, um bimotor Sêneca, que matou os cinco ocupantes, três homens e duas mulheres, na manhã desta sexta-feira, 20. A queda da aeronave, que saiu do sul de Minas, aconteceu pouco antes das 11h na cidade turística de Caldas Novas, no sul de Goiás, a 167 quilômetros de Goiânia.

O bimotor caiu em uma área verde de um setor residencial, o Bairro Paraíso I, mas os Bombeiros informaram que casas não foram atingidas. A queda foi próxima à cabeceira da pista do aeroporto de Caldas Novas, na hora do pouso. Há suspeita de pane seca.

Mais conteúdo sobre:
aviãocaldas novasgoiás

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.