Queda de bimotor mata três em Cáceres

Três pessoas morreram na queda do avião bimotor prefixo PT-LSG na manhã deste domingo, em Cáceres, a 210 quilômetros de Cuiabá. Uma das vítimas do acidente era o secretário de Turismo de Mato Grosso Ezequiel José Roberto Sobrinho, que estava se diriindo à cidade para participar do encerramento do 22.º Festival Internacional de Pesca. A outra vítima foi o piloto identificado até o começo da tarde pelo prenome de Roger. Uma terceira pessoa também estava no avião, mas segundo o Departamento da Aviação Civil (DAC) o corpo ainda não foi localizado.O acidente ocorreu por volta das 7 horas, depois que o avião se chocou contra a Serra do Facão, próxima ao aeroporto da cidade. O tempo estava bom, mas com um pouco de névoa na hora em que o avião caiu próximo de Cáceres em função da chuva que caiu na cidade no sábado à noite.Segundo a Polícia Militar, que localizou os destroços do avião, o local do acidente é de difícil acesso. Para resgatar os dois corpos, a equipe do Grupamento Aéreo da PM desceu de rapel. Quatro policiais preparados para este tipo de trabalho abriram uma clareira na mata, mas até o final da tarde a terceira vítima ainda não havia sido localizada. O coronel da PM, Altair Balieiro, que chefia a equipe de resgate, informou que o piloto era experiente e o avião estava em condições de vôo. Segundo ele, o avião deveria estar voando a uma altitude de 3.500 pés (cerca de 1.200 metros) de altitude. Porém, o avião estava a 2 mil pés (menos de 900 metros de altitude).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.