Twitter/Reprodução
Twitter/Reprodução

Queda de helicóptero mata quatro policiais militares em Alagoas

Aeronave da Secretaria de Segurança Pública fazia patrulhamento em bairro da periferia de Maceió; não houve sobreviventes

Carlos Nealdo, Especial para o Estado

23 de setembro de 2015 | 14h19

MACEIÓ - Quatro policiais militares morreram no fim da manhã desta quarta-feira, 23, depois que um helicóptero da Secretaria de Segurança Pública (SSP) de Alagoas caiu em um bairro residencial na periferia de Maceió.

A aeronave, ocupada pelo major Nilton, pelo capitão Assunção e pelos soldados Melo e De Moura - os nomes completos ainda não foram confirmados pela Polícia Militar -, fazia patrulhamento na área, quando acabou caindo. Testemunhas afirmaram ter ouvido um estouro antes da queda. 

O helicóptero, de modelo Long Ranger, que pertencia ao Grupamento Aéreo da SSP de Alagoas, acabou atingindo um veículo, que estava estacionado no local.

O governador de Alagoas, Renan Filho (PMDB), e o secretário de Segurança de Alagoas, Alfredo Gaspar de Mendonça, foram ao local do acidente. Equipes do Corpo de Bombeiros também estão no local.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.