Twitter/Reprodução
Twitter/Reprodução

Queda de helicóptero mata quatro policiais militares em Alagoas

Aeronave da Secretaria de Segurança Pública fazia patrulhamento em bairro da periferia de Maceió; não houve sobreviventes

Carlos Nealdo, Especial para o Estado

23 Setembro 2015 | 14h19

MACEIÓ - Quatro policiais militares morreram no fim da manhã desta quarta-feira, 23, depois que um helicóptero da Secretaria de Segurança Pública (SSP) de Alagoas caiu em um bairro residencial na periferia de Maceió.

A aeronave, ocupada pelo major Nilton, pelo capitão Assunção e pelos soldados Melo e De Moura - os nomes completos ainda não foram confirmados pela Polícia Militar -, fazia patrulhamento na área, quando acabou caindo. Testemunhas afirmaram ter ouvido um estouro antes da queda. 

O helicóptero, de modelo Long Ranger, que pertencia ao Grupamento Aéreo da SSP de Alagoas, acabou atingindo um veículo, que estava estacionado no local.

O governador de Alagoas, Renan Filho (PMDB), e o secretário de Segurança de Alagoas, Alfredo Gaspar de Mendonça, foram ao local do acidente. Equipes do Corpo de Bombeiros também estão no local.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.