Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Queda de helicóptero mata seis militares no Sul

A queda de um helicóptero matou seis militares na tarde desta quinta-feira em Esquina Hentz, no noroeste do Rio Grande do Sul. O aparelho Pantera HM1 pertencia ao 3º Esquadrão da Brigada de Aviação de Taubaté (SP) e fazia manobras com o 19º Regimento de Cavalaria Mecanizada de Santa Rosa (RS) desde o início da semana. Um agricultor que viu o helicóptero voando antes do acidente contou ter achado o barulho estranho. Pouco depois a aeronave caiu no pátio de uma casa, que estava vazia, e pegou fogo. Os bombeiros chegaram a tempo de combater as chamas, mas os tripulantes já estavam mortos. Segundo o Corpo de Bombeiros que atendeu a ocorrência, chovia muito na região no momento da queda. As causas do acidente serão investigadas pela Base Aérea de Santa Maria.O Comando Militar do Sul identificou como vítimas o capitão Yuri Sarti Rossi, o primeiro-tenente Fernando Antônio Ribeiro Júnior, o primeiro-tenente Celso André Lellamo dos Santos, o terceiro-sargento Peterson Alexandro de Oliveira Ferreira, o terceiro-sargento Márcio Vieira de Andrade e o cabo Éverton Vendramel de Castro Chagas. Ainda não há informação de onde os corpos serão enterrados. Segundo o Centro de Instrução de Aviação do Exército, o Pantera HM 1 é fabricado pela francesa Eurocopter, mas parte significativa de sua manutenção é feita no Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.