Queda de monomotor deixa uma pessoa morta em Tocantins

Aeronave levava passageiros que tinham sofrido acidente de trânsito e buscavam tratamento médico em Palmas

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

03 Setembro 2007 | 11h58

Uma pessoa morreu e quatro ficaram feridas após a queda de um monomotor próximo a uma fazenda a 8 km de Palmas, no Tocantins. O avião de modelo Cessna 182 caiu, na tarde de domingo, 2, após sair de Santana do Araguaia, no Pará, com quatro passageiros, além do piloto.   Dois passageiros, vítimas de acidente de trânsito, estavam indo para Palmas em busca de tratamento médico. O soldado da Polícia Militar do Pará, Francilei da Silva, morreu no local. Neurisan Ribeiro da Fonseca, de 35 anos, foi internado em estado grave. Cleonice Brito, de 34 anos, e a enfermeira Rosênia Costa e o proprietário e piloto do avião, Mário de Bastos Silva, de 61 anos, estão internados no Hospital Geral de Palmas e passam bem.   Segundo informações do Corpo de Bombeiros do Tocantins, a queda do avião teria ocorrido por falta de combustível. O piloto teria tentado pousar na pista do aeroclube, mas não conseguiu fazer a manobra. De acordo com a Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), a aeronave não fez contato com a torre de controle em Palmas durante o vôo.

Mais conteúdo sobre:
queda de monomotor

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.