Queda de monomotor mata piloto

O piloto e instrutor de vôos Geovandro Fischer, de 35 anos, morreu ao cair com seu monomotor, prefixo PT-IJC, em Castro, a cerca de 150 quilômetros de Curitiba. Segundo testemunhas, o avião bateu em fios da rede elétrica, perdendo a estabilidade e precipitando-se contra o solo, em uma área agrícola da cidade. A cabine ficou totalmente destruída. O Departamento de Aviação Civil (DAC) vai investigar a ocorrência, devendo apresentar laudo em 30 dias. Fischer tinha levado alguns pára-quedistas para um salto. Depois que todos pularam, ele retornava para o aeroporto da cidade, quando, segundo as testemunhas, deu um vôo rasante e bateu com as rodas da aeronave nos fios. Parte da cidade ficou sem energia. Os amigos informaram que o piloto era experiente, e voava há mais de 15 anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.