Quércia quer fazer governo municipalista

O candidato do PMDB ao governo do Estado de São Paulo, Orestes Quércia, quer fazer um governo municipalista, unindo prefeitos de diferentes partidos. O candidato participou na manhã deste sábado de carreata pelas ruas de Indaiatuba, região de Campinas. "Sou municipalista. Acredito no apoio de prefeitos e vereadores mesmo que não sejam do meu partido", disse, ao cumprimentar populares e possíveis eleitores.Quércia foi recebido por alguns vereadores na Câmara Municipal da cidade. Segundo ele, "São Paulo é a locomotiva do Brasil", por isso precisa voltar a crescer. "São Paulo e o Brasil estão paralisados por causa do PSDB e do PT", alfinetou. "O que são 3% de crescimento no governo Lula, índice acima até do Fernando (Henrique Cardoso), enquanto países emergentes cresceram muito mais?". O candidato ainda criticou o apoio institucional da monocultura da cana-de-açúcar, pois, segundo ele, seria necessário investimento em toda a cadeia de agricultura. Sobre o apoio do ex-presidente Itamar Franco ao candidato Geraldo Alckmin, Quércia disse: "Tudo bem o Itamar apoiar o outro candidato, porque deixamos aberto para que os colegas apóiem quem quer que seja para a presidência, porque não lançamos candidato".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.