Quinze assaltantes fazem arrastão na BR-101, no Rio

Um arrastão criou pânico entre motoristas e passageiros de veículos que trafegavam na manhã de ontem pela BR-101, a Niterói-Manilha (acesso às cidades da Região dos Lagos fluminense), na altura de São Gonçalo, Grande Rio. A ação aconteceu por volta das 11 horas, quando o trânsito estava lento na estrada devido ao feriado prolongado. Um grupo de 15 assaltantes, armados com fuzis, escopetas e pistolas, dominaram os motoristas de três carros e suas famílias.Policiais rodoviários e militares cercaram a área, mas não conseguiram prender nenhum dos assaltantes. No local, encontraram cápsulas de munição de pistola calibre 45, disparadas pelo grupo. De acordo com a Polícia Militar, é comum esse tipo de crime na Niterói-Manilha. Até o final da tarde, não havia registro da ocorrência na delegacia de São Gonçalo.Na ação dos criminosos, foram roubados três carros, um Fiat Tempra, um Polo e uma picape S-10. No Tempra estavam Ulisses Teixeira, de 53 anos, e sua mulher, a advogada Denise Teixeira. O Polo era ocupado pelo analista de sistemas Jorge Luiz Diniz, de 49, sua mulher Heloísa e três filhas do casal, de 11, 14 e 26 anos de idade. O motorista da S-10, Rogério Ferraz Queiroz, foi arrancado do veículo pelos cabelos. Na fuga, os bandidos abandonaram dois dos carros roubados. Apenas a picape não foi recuperada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.