R$ 2 milhões para eleger um deputado

Os custos da campanha afligem os candidatos a deputado federal em São Paulo. A necessidade de disputar o voto num universo de 30 milhões de eleitores empurra os orçamentos para cima. Dirigentes partidários estimam que cada candidato terá de gastar no mínimo R$ 2 milhões. Nas negociações com gráficas, por exemplo, a tiragem dos folhetos começa com 500 mil exemplares. Os gastos também são altos com aluguel de comitê e contratação de funcionários. Os candidatos se dizem aliviados porque pelo menos os gastos com o programa no rádio e na TV cabem aos partidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.