Raça em extinção

Tutty Vasques escreve todos os dias no portal Estadao.com.br, de terça a sábado neste caderno e aos domingos no caderno Aliás

Tutty Vasques, O Estadao de S.Paulo

27 de março de 2009 | 00h00

Antes que todo mundo um dia tenha direito a 15 minutos de fama numa diretoria do Senado ou de assembleias estaduais, os políticos daqui e de Brasília estão tratando logo de mudar a nomenclatura do cargo: diretor coisa nenhuma; chefe, e olhe lá! Só em São Paulo, 59 dos 67 diretores da casa legislativa tiveram suas insígnias arrancadas da noite pro dia. Nenhum deles ficou chateado com isso.A onda de escândalos político-administrativos que assola o País banalizou de tal forma a função de diretor que, dizem, nem o Gerald Thomas quer mais ser reconhecido como tal. Não sei se esse negócio de metteur-en-scène vai colar no Brasil, o certo é que já tem muito diretor de empresa por aí se apresentando como "aspone" para não despertar, de cara, desconfiança no outro.Chegará o dia em que ninguém vai querer pagar esse mico. "Diretor, eu? Ih, qual é? Sai pra lá, rapaz!" O xingamento perdurará até que, numa futura reforma ortográfica, alguém proponha que a palavra "diretor" vá se juntar ao trema no quinto dos infernos. COM TODO RESPEITO"Problema de nomenclatura é a..."Desabafo entreouvido em conversa de ponto de ônibus sobre a explicação do deputado Barros Munhoz para a existência de 67 diretores na Assembleia de SPÔ, RAÇA!O paulistano reclama das enchentes de barriga cheia: choveu turbina de DC-10 na madrugada de ontem em Manaus!Grana pretaLula responsabilizou ontem publicamente "os brancos de olhos azuis" pela crise. Isso quer dizer o seguinte: Daniel Dantas talvez não seja o único dessa raça com culpa no cartório. Uma única dúvidaSó não ficou muito claro no noticiário que diabos Lula quis dizer a certa altura de sua fala com aquele "não conheço nenhum banqueiro negro ou índio"? Será que vem aí alguma proposta de sistema de cotas raciais para donos de banco, caramba?!Peso da responsabilidadeSurgiu uma nova tese para o excesso de peso com que Ronaldo ainda aparenta se confrontar em campo: o Fenômeno está levando o Timão nas costas! Cá pra nós, faz sentido! Que nomenclatura é essa?Sem desmerecer nenhuma das últimas críticas feitas ao governo, o pior desse pacote habitacional é o nome: "Minha Casa, Minha Vida" é de doer de ruim, né não?Cadeia nacionalPrimeiro, prenderam a diretoria da Camargo Corrêa. Depois, foi a vez da diretoria da Daslu dançar. Nesse ritmo, até chegar ao Senado, vai levar um tempão.Era só o que faltavaTraficantes do Rio estão misturando cimento à cocaína. Resta saber se o material de construção utilizado no batismo não está sendo desviado das obras do PAC em favelas da cidade!

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.