AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Racionamento aumenta intervalo de trens em SP

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), vinculada à Secretaria de Estado dos Transportes Metropolitanos, vai aumentar os intervalos de trens nos horários em que o movimento de passageiros é menor. Nos horários de pico não há mudança.Desde sábado, a freqüência de viagens foi reduzida de uma média de 13 minutos para 20 minutos, em todas as seis linhas do sistema, a partir das 9 até as 16 horas, e a partir das 20 horas, ou das 22 horas nas linhas E e F.A CPTM pretende alcançar a meta fixada pelo governo federal, que recomendou aos órgãos e às empresas públicas que reduzissem em 20% o consumo de energia. A CPTM consome 24,2 milhões/kWh/por mês apenas com a tração dos trens. O consumo médio total da empresa é de cerca de 27 milhões/kWh por mês.

Agencia Estado,

04 de junho de 2001 | 16h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.