Racionamento de água em SP começa dia 17

O governo paulista confirmou hoje a data do início do racionamento de água - 17 de abril - na Grande São Paulo. Serão afetados os moradores da região oeste, abastecida pelo Sistema Alto Cotia. Segundo a Sabesp, órgão vinculado àSecretaria Estadual de Recursos Hídricos, são cerca de 300 mil pessoas. O esquema prevê abastecimento durante 40 horas e interrupção de 32 horas, com divisão de três grandes blocos por setor.Como a quantidade anual de chuvas foi insuficiente, argumenta a Sabesp, o racionamento é necessário para evitar o esvaziamento do volume de água das represas da Graça e Pedro Beicht. As duas formam o sistema responsável pelo abastecimento dos municípios de Embu, Embu Guaçu, Cotia e Itapecerica daSerra. De outubro de 2000 a fevereiro deste ano, segundo a Sabesp, a incidência natural de chuvas ficou abaixo da média, deixando de repor 6,5 milhões de metros cúbicos de água ao manancial (46% do volumeoperacional do Sistema Alto Cotia). A Sabesp garante que a população afetada receberá informação sobre o sistema de rodízio pelos veículos de comunicação. O cronograma do racionamento será divulgado em folhetos que devem ser distribuídoscom antecedência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.