Radialista é morto a tiros no RN

Francisco Gomes de Medeiros era um dos repórteres policiais mais antigos do Estado

Ricardo Valota, do estadão.com.br

19 Outubro 2010 | 03h12

SÃO PAULO - O radialista Francisco Gomes de Medeiros, de 48 anos, foi morto a tiros, por volta das 21h15 de segunda-feira, 18, em frente à casa dele, no bairro Paraíba, na cidade de Caicó (RN), a 270 quilômetros de Natal.

Baleado na região do abdome, Medeiros morreu quando era atendido no Hospital Regional localizado na mesma cidade. Segundo informações apuradas pela Polícia Civil até o momento, o radialista estava na calçada quando foi abordado por um homem em uma moto escura. Foram cinco disparos. O crime teria sido testemunhado pelo filho da vítima.

Segundo a imprensa local, Francisco Gomes de Medeiros, conhecido no meio profissional como " F.Gomes", era um dos mais antigos repórteres policiais do Rio Grande do Norte, trabalhou na assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública, era muito polêmica e suas reportagens incomodavam bastante. F. Gomes atualmente atuava na Rádio Caicó, além de ser correspondente de vários jornais no estado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.