Radialista é morto a tiros no RN

Francisco Gomes de Medeiros era um dos repórteres policiais mais antigos do Estado

Ricardo Valota, do estadão.com.br

19 de outubro de 2010 | 03h12

SÃO PAULO - O radialista Francisco Gomes de Medeiros, de 48 anos, foi morto a tiros, por volta das 21h15 de segunda-feira, 18, em frente à casa dele, no bairro Paraíba, na cidade de Caicó (RN), a 270 quilômetros de Natal.

Baleado na região do abdome, Medeiros morreu quando era atendido no Hospital Regional localizado na mesma cidade. Segundo informações apuradas pela Polícia Civil até o momento, o radialista estava na calçada quando foi abordado por um homem em uma moto escura. Foram cinco disparos. O crime teria sido testemunhado pelo filho da vítima.

Segundo a imprensa local, Francisco Gomes de Medeiros, conhecido no meio profissional como " F.Gomes", era um dos mais antigos repórteres policiais do Rio Grande do Norte, trabalhou na assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública, era muito polêmica e suas reportagens incomodavam bastante. F. Gomes atualmente atuava na Rádio Caicó, além de ser correspondente de vários jornais no estado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.