Rádio comunitária beneficia moradores da Maré e Manguinhos

Mais de 200 mil moradores dos complexos da Maré e de Manguinhos, zona norte da cidade, podem ser beneficiados ainda este ano com a inauguração da Rádio FM Comunitária MareManguinhos. A rádio, que surgiu de uma parceria entre os funcionários da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e as comunidades, já funciona em um site da internet que transmite a programação das 10h às 16h, mas o acesso é limitado.Apenas a Associação dos Funcionários da Fundação O swaldo Cruz (Fiocruz), algumas escolas e as pessoas que possuem um computador podem ouvir à rádio. Além de músicas, são apresentados programas educativos de saúde pública, preservação do meio ambiente e noções de cidadania.A Associação de Comunicação Comunitária MareManguinhos foi fundada neste sábado. Ela vai administrar a rádio e negociar com o Ministério das Comunicações a autorização para que ela entre no ar na freqüência modulada a partir de julho. O estúdio já está pronto e os equipamentos, os mais modernos do mercado, foram comprados com dinheiro da Associação dos Servidores da Fiocruz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.