Raio mata lavrador em Minas

Um lavrador morreu e outros dois ficaram gravemente feridos ao serem atingidos por um raio no final da tarde de ontem na zona rural de Guaxupé, sul de Minas. Segundo a Polícia Militar, Leandro Marcos de Oliveira, de 18 anos, e os amigos João Júlio da Silva, de 41, e Marcos Tomé Dias, de 31, voltavam do trabalho na fazenda Bom Jardim, saída de Gaxupé para São Paulo, quando começou uma tempestade.O grupo refugiou-se debaixo de uma mangueira, onde ocorreu a descarga elétrica. Leandro teve morte instantânea e João Júlio e Marcos sofreram queimaduras de segundo grau. Socorridos por moradores da região, eles foram levados para o Pronto Socorro municipal de Guaxupé. Segundo os médicos, apesar dos ferimentos, os dois não corriam risco de vida.Além do acidente fatal com o lavrador, a Defesa Civil de Minas apurou outra morte relacionada ao mau tempo. Em Conselheiro Lafayette, a cerca de 100 quilômetros de Belo Horizonte, a estudante Denise Damasceno da Silva, de 11 anos, foi atingida por um fio de alta tensão desencapado, durante um temporal que caiu sobre a cidade por 40 minutos, e morreu na hora.Segundo o técnico de segurança da Companhia Energética de Minas, Júlio César Albino Reis, há duas hipóteses para o caso: a primeira é de que o fio tenha se soltado dos postes, em razão dos fortes ventos, e tenha caído sobre Denise; a outra é de que já estivesse solto e a estudante tenha pisado sobre ele.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.